A passarela do bairro João Clóvis Breijão

HTB1Ao2MKXXXXXaFXpXXq6xXFXXXr
Peça metálica.

Lembro-me quando a prefeitura de Porciúncula estava em processo de licitação para a construção da passarela que liga a rua Cesar Vieira (rua da prefeitura) ao bairro João Clóvis Beijão.

Uma empresa de um amigo, no Rio, que tomou conhecimento que a prefeitura realizaria essa obra e se interessou em participar da licitação.  A obra compreendia a construção da passarela com aproximadamente 60 metros de extensão. Fui indicado como  procurador  da empresa apenas para retirar a documentação referente ao processo licitatório, oportunidade que tive para conhecer o projeto.

Ao analisar as plantas, me chamou a atenção o fato da viga que estruturava o piso da passarela ser um perfil metálico fechado. A viga fechada é como temos hoje executado na passarela que atende a população da ilha, no bairro Boa Vista.

O trecho do rio Carangola que a nova passarela se situaria está numa curva suave à direita, considerando o sentido da correnteza. Neste traçado previsto para

Passarela (128)
Passarela de pedestre com viga de perfil metálico.

a passarela, há uma ilhota. Não me recordo precisamente das medidas exatas, mas se não me engano, entre as margens do rio Carangola e a ilhota, o projeto considerou dois trechos, sendo que de uma margem até a ilhota uns 20 metros e da ilhota até a outra margem, uns 40 metros, perfazendo 60 metros de passarela, considerando os acessos em solo.

Ao conhecer aqueles detalhes previstos no projeto, considerei inadequado aquele tipo de viga e ao enviar o projeto para a empresa, alertei os engenheiros sobre a situação do rio Carangola no período de cheia, quando ocorrem inundações severas, em que o leito do rio sobe vários metros inundando a cidade. Diante a situação, aconselhei a empresa que articulasse em caráter de sugestão com a prefeitura uma alteração no projeto para que a viga fosse em treliça.

Com a viga treliçada, em caso de uma inundação que atingisse a passarela, a água passaria por ela, diminuindo a pressão da correnteza sobre a viga que tem dezenas de metros de extensão e impedindo assim que um desastre ainda pior pudesse ocorrer.

piracicaba_foto_bruno_constantino_leonardi_2jpg
Passarela em Piracicaba-SP com viga de treliça.

Por fim, isso foi possível ser feito. A prefeitura concordou, o projeto foi alterado e a passarela foi executada com a viga em treliça.

A empresa que estive representando como procurador não foi a que executou a obra, porque desistiram de participar da licitação por razões outras.

No entanto, ressaltamos com essa história a importância da adaptação dos projetos no município a realidade, principalmente porque a cidade enfrenta com frequência as cheias do rio Carangola e portanto, cabe a prefeitura de Porciúncula e seu corpo técnico sempre considerar esse fato na realização de obras de maneira a não agravar os desdobramentos das inundações.

Um outro exemplo que podemos citar é a ponte principal de acesso a cidade, próxima a sede campestre do Clube de Caça e Pesca de Porciúncula. A viga de concreto que sustenta a ponte contribui, em tempos de cheia do rio, para represar e reduzir a velocidade de escoamento das águas. Trata-se de uma ponte construída numa época em que não se tinha registrado até então uma cheia tão grave como a que Porciúncula conheceu, em 1979. A maior, anterior a 79, que se tem informação  ocorreu em 1906, portanto, Porciúncula não passava de um povoado, cuja ocupação urbana por ser menor, indicava que as várzeas foram inundadas e menos a malha urbana da cidade.

Considerar as inundações do rio Carangola baseando-se nas últimas cheias para realizar intervenções na cidade é importante ao mesmo tempo que medidas mitigadoras poderão ser adotadas seja por meio da fiscalização do poder público municipal e em parceria com os governos Estadual e Federal.

114
Como seria realizado.
212
Como foi realizado.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s